quinta-feira, 6 de novembro de 2008

DE PORNOGRAFIA E LIRISMO (TRATADO SOBRE A LIBERDADE)

"lamber-te entre as pernas quentes
sorver-te pensamento e dor
buscar-te como enfrentamento
dormir no que em mim é mar"



video

4 comentários:

Michelle de Campos disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Michelle de Campos disse...

Sobre o vídeo

Querendo ou não, me descobri cachorro! Cachorro feito de ar, sigo um rastro invisível para os outros.
E não é só quando o olfato me diz: Isso presta para comer e quando enxergo a beleza na cadela que não está no cio. Eu sou o cachorro, que fiel, permance no túmulo do dono,sonhando com Timbuktu. Fiel ao ideário,ao afeto e não à casa, feito os gatos. Não!!!!!! Eu uuuuivo! Uivo muito, pra lua!!!!!! Não à assepsia charmosa e blasè! Eu chafurdo na vida, morro comendo bolinho de carne envenado jogado pelo vizinho, mas encarno ,de vez em quando, na mulher dele!

Michelle amiga da Biê!

Adélia Carvalho disse...

Ju, gostei da poesia: de texto e de imagem. A síntese das palavras e as distorções das imagens desmembrando, desconstruindo, multiplicando, ressignificando... Um prazer bom conhecer o seu espaço, voltarei com prazer! Abraços. Adélia Carvalho

BOLSAS LADYDAY disse...

Querer, dormir, não mais!!!
grand bj
Day
http://souumhomemdepaixoes.zip.net